Como ter uma gestão de estoque eficiente na drogaria

Subtitulo para potencializar os resultados

A boa gestão de estoque é vital para a saúde de uma empresa, principalmente do setor farmacêutico que conta com a grande quantidade de produtos perecíveis e com curto prazo de validade. Perder produtos como estes, por exemplo, devido à má gestão do estoque, resultará em prejuízos financeiros e perda de lucratividade.

Já quando um estoque é bem gerenciado levando em consideração o número adequado de mercadoria (nem excesso e nem falta), validade dos produtos, organização, rotatividade, entre outros fatores, certamente sua empresa terá assegurado o fluxo de vendas e o retorno financeiro esperado.

Confira algumas dicas para uma gestão eficiente de estoque para sua farmácia ou drogaria:

1. Entrada de mercadoria e de compras eficientes

Uma boa gestão de estoque tem início na entrada das mercadorias. É importante e necessário o controle e conferência do pedido no ato da entrega. Se você possui algum software com esta funcionalidade, use-o. Caso contrário, realize uma conferência visualmente para confirmar se as quantidade e produtos entregues estão de acordo com o pedido descrito na nota fiscal.

Tal procedimento é importante para captar possíveis erros na logística e evitar a falta de mercadorias, que pode prejudicar suas vendas e, futuramente, a conferência de estoque/caixa (balanço) de sua loja. Caso falte alguma mercadoria, solucione a questão o mais breve possível, para evitar futuros problemas e perda de vendas.

2. Controle os lotes e prazos de validade

Faça o controle e mantenha sempre atualizado o controle de lotes e vencimento de todos os seus produtos e não apenas de medicamentos controlados.

Seu estoque representa seu investimento na empresa, um descuido neste controle pode representar prejuízos significativos. Controle não apenas medicamentos, mas todos os produtos, incluindo perfumaria, higiene e beleza. Organize-os de forma a dar saída mais rápida aos produtos com mais tempo armazenados, consequentemente, com data de validade mais próxima.

Tais ações resultará em grande diminuição no risco de perda de produtos devido à data de vencimento ultrapassada, logo, evitará que perda dinheiro com isso.

3. Checagem periódica de estoque

Não espere o ano acabar para fazer o balanço de sua empresa! Pode ser tarde demais para analisar erros, desfalques e problemas de gestão.

O ideal é que seja realizada uma checagem periódica de estoque, pelo menos, uma vez a cada três meses, isso dará rotatividade ao seu estoque e garantirá que não há falta ou excesso de mercadorias. Aproveite o tempo ocioso de sua equipe, em momentos com baixo fluxo de clientes, para já realizar este levantamento. E, ainda, auxiliará na resolução de possíveis problemas na gestão de caixa, visto que, tanto resultados positivos quanto negativos, em qualquer uma dessas gestões, estão diretamente ligadas uma a outra.

4. Listagem de saída de medicamentos

Evite fazer compras erradas ao comprar em demasia produtos desnecessários ou realizar comprar insuficientes de produtos de alto giro, para isso, faça um levantamento e uma listagem de medicamentos que apresentam maior e menor saída em sua loja. A eficiência (ou não) dessa ação, repercutirá não só em seu estoque, como em seu caixa (faturamento).

Para escolher a quantidade ideal de produtos para preenchimento de estoque, leve em consideração o fluxo de venda do item para determinar a quantidade mínima e máxima de cada produto, não se esqueça de analisar data de validade e condições de armazenamento. Importante considerar, também, o tempo de entrega após realização do pedido

Se na sua farmácia a listagem de medicamentos com maior e menor saída ainda não é feita, comece a fazer isso hoje mesmo. Levante informações como os produtos do estoque, qual a quantidade necessária, quanto tempo dura o estoque e qual é o seu volume de venda. Uma boa opção é trabalhar com a Curva ABC, que abordaremos em um próximo texto.

Faça o controle também de itens fundamentais para o bom andamento de sua loja, tais como sacolinhas, saquinhos, embalagens, dentre outros. Não deixe para última hora. Mantenha seu estoque em dia.

5. Ferramentas de Gestão

Invista na gestão de seu estoque e evite ao máximo qualquer erro. Softwares com a opção de gestão de estoque podem auxiliá-lo - e muito - nesta etapa tão importante para sua farmácia ou drogaria.

Invista em softwares de qualidade, que visem melhorar a gestão, reduzir custos e proporcionar melhores oportunidades para o seu negócio.

A eficiente gestão de estoque para farmácias e drogarias pode assegurar a sua sobrevivência no mercado, lhe ajudar a superar a concorrência e a garantir a satisfação dos seus clientes.

29 de julho, 2019   |   Consultoria   |    comercial financeiro
RM Farma- Wpp